Respeite os valores diferentes dos outros - Ryuho Okawa

Quando interagimos com outras pessoas, às vezes notamos suas falhas e suas dificuldades, mas isso não significa, de forma alguma, que somos superiores a elas. O que pode provar nossa grandeza é a capacidade de enxergar a luz divina que ilumina a vida dessas pessoas. Esse sentimento é extremamente importante para construir um relacionamento harmonioso.

E como devemos nos comportar quando se torna inevitável perceber as deficiências dos outros? Como devemos fazer para nos mantermos tolerantes e nos concentrarmos somente no que elas têm de bom? Qual é a chave para ter uma atitude como essa? É procurar conhecer os outros. É respeitar os valores diferentes das outras pessoas. É compreender como funciona a mente humana e como as pessoas pensam. É isso o que significa a expressão “perdoar e compreender”. Com frequência, é por não compreendermos os outros que nos desentendemos, e é essa incompreensão mútua que traz a infelicidade.

Existe algo de maravilhoso em cada pessoa que vemos à nossa volta, mas pode haver divergências de opinião quando tentamos trabalhar, viver e fazer coisas juntos. E, então, é ainda mais maravilhoso quando somos capazes de resolvê-las por meio de uma discussão construtiva. O mal surge quando nos recusamos a fazer concessões. Muitas pessoas atribuem sua infelicidade aos membros de sua família, aos pais ou irmãos. São incapazes de mudar a si mesmas. Não conseguirão mudar enquanto continuarem procurando soluções fora delas mesmas e colocando a culpa de seus problemas nos amigos, professores, colegas de trabalho e em outras pessoas de seu convívio.

Photo by rawpixel on Unsplash

Do livro O Milagre da Meditação(IRH Press do Brasil), do mestre Ryuho Okawa, fundador da Happy Science – movimento que apresenta a chave da verdadeira felicidade às pessoas de todos os países, raças e crenças, pregando a criação de um mundo de paz através da inovação espiritual, educacional e política.

Pin It on Pinterest